Sobre

O Kállistoi é um blog dedicado a divulgação de traduções próprias de texto antigos, e de resumos e resenhas tanto de obras clássicas da Grécia Antiga quanto de obras críticas sobre o assunto. Pretende-se ainda, dentro do possível, oferecer aos leitores alguns panoramas sobre a cultura, em especial a “literária”¹, antiga. Eventualmente, podem ainda ser divulgados eventos, assim como lançamentos de obras da área de Estudos Clássicos.

O nome do blog deriva do adjetivo grego kállistos, o mais belo, e é o plural deste, ou seja, “os mais belos”. Kállistos (sing.) é o adjetivo hesiodicamente atribuído a Eros, é também – com suas variações – utilizado para armas e guerreiros, especialmente em Homero, e para se referir às coisas admiradas e amadas, por exemplo, em Safo. A opção pelo nome, no plural, se deu – sem sombra de dúvidas -por conta, primeiramente, do fator Eros, afinal de contas o assunto que aqui pretende-se tratar é objeto de paixão do autor; e em segundo lugar, pela questão estética que o nome proporciona, isso é, um prazer (a leitura).

NOTA: ¹) Coloco literária entre aspas porque, como pretendo demonstrar em um futuro post sobre o assunto, nem todas as obras que hoje temos por escrito foram produzidas sob a forma literária, eram antes produzidas oralmente, cantadas e/ou recitadas.

 

 

O AUTORJota1

Jota Olliveira (Juarez Oliveira), natural de São Paulo, com 25 anos de idade, é graduando em Letras pela USP, onde ingressou focado em estudar a língua grega e suas literaturas.  Atualmente desenvolve pesquisa sobre os relatos de Heródoto a respeito de Dioniso, seus mitos e culto em paralelo à cultura egípcia, no segundo livro das Histórias.

Créditos

Header por @Lestrange
Imagens por Theoi.com: 1) Eros com flauta; 2) Musa com cítara.

Anúncios